Publicidade

PRF apreende 1.225 kg de maconha escondida entre carga de abóboras em Santa Rita do Pardo

Operação da Polícia Rodoviária Federal resulta na descoberta de armamento pesado junto à droga

05/07/2024 às 10h49 Atualizada em 05/07/2024 às 10h57
Por: Redação Fonte: Redação Santaritense
Compartilhe:
O motorista foi preso e encaminhado à Polícia Federal em Três Lagoas - Foto: PRF
O motorista foi preso e encaminhado à Polícia Federal em Três Lagoas - Foto: PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 1.225 Kg de maconha, três fuzis, duas pistolas e mais de 600 munições, na manhã desta quinta-feira (4), em Santa Rita do Pardo (MS). 

Segundo registros do caso, os policiais rodoviários federais estavam realizando patrulhamento quando receberam informações de usuários da estrada sobre um caminhoneiro que estava cometendo diversas irregularidades no trânsito. Com as informações, os agentes iniciaram uma busca pela rodovia e localizaram o caminhão suspeito estacionado em um comércio à beira da estrada.

De acordo com os agentes, ao abordar o motorista e iniciar a verificação do veículo, os policiais notaram que a carga de 30 toneladas de abóboras, estava mal acondicionada e apresentava risco de cair durante o transporte. A irregularidade levou a uma inspeção mais minuciosa do conteúdo do caminhão.

Continua após a publicidade

Durante a inspeção, ao remover a lona que cobria a carga, os policiais avistaram vários fardos pretos escondidos entre as abóboras. Esses fardos reuniram uma grande quantidade de maconha, totalizando 1.225 quilos. Além da droga, os agentes apreenderam três fuzis calibre 5.56mm com numeração raspada, duas pistolas calibre 9mm, vinte carregadores de munição e 665 munições. 

O motorista foi preso e encaminhado à Polícia Federal em Três Lagoas. A carga de abóboras foi fiscalizada pela Vigilância Sanitária de Santa Rita do Pardo e doada à Prefeitura Municipal. 

Continua após a publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias